Resenha: "A Jornada", de Erin E. Moulton

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

A JornadaA Jornada
Autora: Erin E. Moulton
200 pág.s
Editora: Novo Conceito
Lançamento: 2011
Tradutora: Mariângela Vidal Sampaio Fernandes
Onde Comprar: Terra do Saber , Siciliano , Cia dos Livros
*Adicione no skoob

Grandes coisas estão prestes a acontecer na casa dos Maple. A mãe vai ter um bebê,o que significa que agora haverá quatro irmãs Rittle em vez de apenas três. Mas quando a bebê Lily nasce prematura e não pode vir do hospital para casa, Maplesabe vai até ela para salvar sua irmã. Então, ela e Dawn, armada com um mapa e alguns restos do jantar, descem rio abaixo e atravessam uma montanha para encontrar a mulher sábia que pode conceder milagres. Agora é não apenas a sobrevivência de Lily que eles têm que se preocupar, mas também a sua própria. Os perigos que Maple e Dawn encontram em sua jornada as fazem perceber uma ou duas coisas sobre milagres - e sobre elas mesmas. 
"Concentração, Observação, Análise, Planejamento e Execução - C.O.A.P.E.-é o que você deve fazer em caso de emergência.Papai nos ensinou essa sigla para nos ajudar a lembrar como nos comportamos em situações de "sinal vermelho".A situação que vivemos nesse momento certamente se enquadra na categoria."


A Jornada, de Erin E. Moulton conta a história de uma pequena menina que vai a luta para conseguir "salvar" sua irmãzinha que está prestes a nascer, junto com Dawn sua irmã mais velha elas passam por grandes aventuras, como cachoeiras, machucados e caçadores, para correr atrás de uma lenda e com isso ajudar a próxima irmã da família.


"Eu sei que minha mãe é inteligente, mas acontece alguma coisa com o cérebro das pessoas quando elas ficam velhas.Alguma coisa interfere de um jeito que elas param de acreditar em fadas, fantasmas e também em milagres, eu acho.Mas tenho certeza de uma coisa: esperança não faz milagre, nem médicos, nem irmãs."


Flutter: The Story of Four Sisters and an Incredible Journey
Capa Americana
A história é narrada em 1ª pessoa por Maple a irmã do meio entre Dawn e a menorzinha, Maple e Dawn são as aventureiras que saem a luta.Como a história é narrada por uma menina de mais ou menos uns 9/10 anos, é evidente que vai conter traços em sua narração, apesar que não sei se foi minha impressão, mas acho que a autora poderia ter utilizado um pouco mais do infantil da personagem, mas uma das principais características de Maple, que penso ter sido por isto, é sua coragem e determinação, é aquele tipo de pessoa que estava prestes a passar por todos os desafios e obstáculos para conseguir o que queria, e Dawn achei meio cabeça dura até o meio, mas depois vai entrando no ritmo da irmã.


"-Vai dar tudo certo - digo.Fico repetindo isso pra mim mesma, para as árvores, para Dawn e para minha irmãzinha no hospital. - Vai dar tudo certo."


O livro contém 200 páginas, uma quantidade média de diálogos e capítulos não muito grandes.Achei a diagramação bem legal, fugiu do normal dos outros livros, a capa começo de capítulo de uma página cheia de borboletas(braboletas), na parte interna da capa e contra-capa tem várias borboletas laranjas, um bom presente para dar a alguém, o livro tem um visual bonitinho e uma história emocionante.
O que achei bem legal também é a pequena dose de ficção que a autora põe, uma pequena mistura de ficção e realidade inserida.Espero ler outros livros da Erin E. Moulton e ver mais sobre seu estilo de escrita.


COMENTE NESTA RESENHA E CONCORRA A MARCADOR DE A JORNADA + OUTROS DA NOVO CONCEITO!!!
(o sorteio ocorre quando houver 10 comentários)

4 comentários:

  1. Tenho uma vontade imensa de ler este livro muito bonita a capa.é um livro cheio de emoções e contada pela visão de uma criança deve ser maravilhoso.Espero ter este livro em minha coleção bitocas

    ResponderExcluir
  2. Realmente a capa é muito bonita!!!!
    Sua resenha é bem legal, pois não falou apenas da história em si, mas falou também sobre os aspectos físicos do livro, como diagramação por exemplo.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  3. Realmente a capa é muito bonita!!!!!
    Gostei da sua resenha, pois ela não ficou restrita a apenas a história, mas a estrutura física e apresentação do livro, como a diagramação, por exemplo.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir

 
O Simbolista © 2012 | Designed by Guilherme Cepeda