Fire In The Hole #4

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

FIRE IN THE HOLE #4

Hello Simbolistas! Como estão? Prontos para a próxima granada? Rssss

Hoje eu vim tratar de um assunto bem constrangedor e complicado. E também será um post bem polêmico, já vou avisando.

Quero trazer à tona o assunto: blogueiros x autores/editoras parceiras.

Eu sou autora e parceira de quinhentos milhões de blogs - acho que esse deve ser o número de blogs literários existentes no Brasil (risos!). E como parceira, eu cedo um exemplar de algum dos meus livros para resenha. Como autora e pessoa insegura, eu realmente espero que o blogueiro curta a minha obra e faça uma resenha positiva.

Só que isso nem sempre acontece.

Bato palmas para aqueles blogueiros corajosos que criticaram meus livros. Isso porque é algo extremamente difícil de fazer. Afinal, somos parceiros e a crítica negativa pode gerar zilhões de reações por parte do autor.

No começo eu ficava triste, deprê, pensando até em desistir. Mas a veia escritora sempre pulsa mais forte e logo eu me levanto e continuo em frente, amadurecendo minha escrita e melhorando a cada dia.

Mas existem autores que não pensam como eu. E é aí que mora o perigo.

Continuando… Eu, obviamente, acreditei em todas as resenhas negativas dos meus livros. Agora, quanto às positivas, aí é que mora a polêmica. Desses quinhentos milhões de blogs que sou parceira, acreditei na veracidade de apenas quinze resenhas. Isso mesmo, apenas quinze!

Nossa Van, você é neurótica e sem noção!

De jeito nenhum. Nem neurótica e nem sem noção. Acho que a maioria das resenhas dos meus livros foram positivas por causa da parceria. Eu sou meio vidente e sinto a mentira no ar.

E acho que é assim com toda a relação blogueiro x autor/editora parceira, salvo algumas raras exceções.

Por isso vou dizer: eu não leio resenha em blogs onde o autor/editora é parceira do blogueiro. Acho que o blogueiro, na boa intenção, acaba omitindo críticas importantes tanto para o leitor, quanto para o próprio autor (principalmente os autores em início de carreira).

Se todo mundo disser que meu livro é mara, eu vou acreditar. E quando eu não conseguir atingir o meu objetivo como escritora, minha cabeça vai dar um nó. Afinal, como eu não cheguei lá se todo o mundo diz que eu sou foda?
Resolvi escrever esse post por um motivo muito importante: blogueiros, please, façam a resenha de seus autores/editoras parceiras garantindo a veracidade do que sentiram ao ler a obra. Isso é de suma importância para todos os lados. O blogueiro é sincero consigo mesmo e seus seguidores. O autor vai ter a chance de analisar a crítica e melhorar, se for esse o caso. E os seguidores vão confiar nas resenhas do blogueiro! Viram como todo mundo sai ganhando?

Não temam o que o autor possa pensar, achar ou gritar. Pensem na sua credibilidade como blogueiros literários e façam o que deve ser feito. Lembrando que críticas não são ofensas. É perfeitamente possível criticar sem agredir o autor ou a obra.

Eu, como autora, apóio a verdade acima de tudo. E eu, como seguidora dos blogs, quero somente a verdade do blogueiro, nada mais do que a verdade. Aliás, já comprei muitos livros por ler críticas negativas sobre eles… eu sou curiosa e adoro dar o meu parecer!

Vocês tem algo a dizer sobre isso? Querem sugerir a próxima pauta?





Vanessa Bosso é redatora publicitária há mais de 10 anos. Descobriu sua verdadeira vocação há pouco menos de 2 anos quando escreveu seu primeiro romance: 2012 uma aventura no fim do mundo. Depois desse mais três foram escritos: O ElementalO Imortal e Senhor do Amanhã.
*Acompanhe mais no blog da escritora "Mundo da Van"

Vou fazer uma big surpresa para vocês.SE ESSE POST ATINGIR TRINTA COMENTÁRIOS, O GUI VAI SORTEAR UM EXEMPLAR DO LIVRO "O IMORTAL" ENTRE OS COMENTARISTAS.O QUE ACHAM??? 


Hasta la vista!

VanBosso

33 comentários:

  1. Vanessa parabéns.
    Acho que você levantou um assunto importante, e concordo com tudo o que você disse.Se eu sigo um blog quero ler a verdade sobre um livro escrito lá, e não um puxa saco de autor/editora.Sou amiga de alguns blogueiros e felizmente são pessoas sinceras e que quando não gostam de alguma coisa deixam claro nas suas resenhas mas sem desmerecer o autor.E acho que toda critica é válida se bem feita.

    @Agda01

    ResponderExcluir
  2. Yeah, tbm fico com pé atrás com resenha de parceria [e tem tantas parcerias]... pq fica mto dependente dela pra escrever. Vejo algumas bem sinceras, que falam mesmo do livro e o autor fica pro final... as admiro por não se retraírem, pq é dali que o autor vai saber por onde se erguer msm. Se não, o que mais vai aparecer é o interesse, mesmo de uma coisa simples.

    @kleriss

    ResponderExcluir
  3. Realmente, esse assunto precisa ser abordado! Muitas vezes perco a vontade de ler algumas resenhas, porque só de passar o olho já percebo que a pessoa que resenhou não analisou realmente a obra e escrita do autor. Muitas vezes, além de deixar de fazer críticas construtivas, os blogueiros colocam na resenha apenas fatos da história do livro, que posso muito bem achar na sinopse do mesmo, "esquecendo" de fazer sua análise crítica (o que não significa que o livro tenha algo de ruim, porque até para falar o quanto se gostou de determinado livro, vai para além de um sentimento, mas também de uma avaliação feita enquanto leitor, a partir de um olhar diferenciado).
    Quanto a questão de medir palavras ao resenhar um livro de um autor/editora parceiro, essa é mesmo uma situação complicada. Mas acredito que isso poderia ser resolvido com uma atitude simples: ao firmar a parceria, deixar claro para tal autor/editora a forma como fará sua resenha no futuro.
    Acho que esse post abre um leque para uma reflexão necessária. Afinal, é muito bom ler uma resenha de qualidade!
    Parabéns, Vanessa, pela iniciativa!

    @paulaspindler

    ResponderExcluir
  4. Oi, minha amiga bestseller!

    Este é mesmo um assunto que dá pano para manga, não é?

    Pelo ponto de vista do autor, entendo que, por uma questão de crescimento, o ideal seria receber um retorno sincero por parte de quem lê. Mas, como foi exposto aqui, nem sempre isso acontece, talvez porque seja natural as pessoas partirem daquele ditado "a cavalo dado, não se olha os dentes", e cultivarem certo receio em apontar falhas na narrativa.

    Seja como for, enquanto for necessária a divulgação por estes meios, e enquanto houver interesse do escritor em ter de seu leitor críticas construtivas, uma forma de perceber o que não agradou, é notar o que não foi dito. Afinal, o silêncio é um meio de "expressar" o que não foi digno de consideração.

    ResponderExcluir
  5. Gostei do post. Não tenho parceria com todo os livros que leio e faço resenha, na verdade a maioria compro. Já critiquei alguns inclusivo, tirando que não somos capazes de agradar a todos. Um livro que eu acho maravilhoso outra pessoa pode achar uma porcaria e assim por diante. Sei lá, li seus livros e gostei de todos, se não fosse assim teria falado também. certo que quando somos criticados duramente isso machuca e muito. Já aconteceu isso comigo e tive realmente vontade de largar tudo. A pessoa em questão me colocou no chão e teve a cara de pau de dizer que não sabia receber uma critica. Agora cada um tem uma maneira de escrever, de se expressar, o fulano queria me ensinar o modo dele. ISSO não se ensina cassete! Bom, gosto de tu, de seus livros de suas estórias e vc sabe disso. Beijão.

    ResponderExcluir
  6. Concordo com Van, não adianta ficar falando bem de um livro só pela parceria... Penso que a verdade sempre deve prevalecer. Pena que nem sempre é assim, né? :/

    primeiro_livro@yahoo.com.br


    Beijinhos, Amanda Cristina.
    www.primeiro-livro.com

    ResponderExcluir
  7. É uma verdade incontestável o que a Vanessa disse. Já li incontáveis resenhas exageradas que falam de uma maneira fabulosamente incrível a respeito de uma obra que o leitor mal consegue passar do primeiro capítulo, assim como também já li críticas extremistas e negativas sobre livros excelentes, mas que em momento algum eram capazes de desbancar a grandiosidade deles.
    O esquema de parceria entre blogs funciona meio que como um programa de televisão fazendo propaganda. Alguns sentem como se estivessem sendo "pagos" para fazer a resenha, por isso não criticam.
    Ainda sou um autor aspirante, em busca da primeira publicação. Imagino resenhas tanto positivas quanto negativas a respeito do meu livro, mas como a Vanessa disse, as melhores são aquelas que mostram ao autor onde ele deve melhorar, e são essas que eu gostaria de ler.

    Mateus Lins,
    http://reinodemira.blogspot.com/
    http://curiosoinovador.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Bom, eu tenho um blog sim, mas não tenho muitos parceiros. Aliás, eu fiz um caminho diferente de alguns blogueiros, pq eu meio que "escolho" os parceiros, eu peço parceria de quem eu gosto e admiro muito.
    Em contrapartida, tenho algumas resenhas, e não são de parceria ainda. Faço pq eu gosto de escrever sobre o livro, do mesmo jeito que tem livro que não me anima escrever resenha nenhuma.
    O que você disse, claro, tem verdade. Mas, as pessoas são diferentes assim como os gostos.
    Vou dar um exemplo:
    Li algumas resenhas do livro "Marina", algumas ótimas, pela parceria com a editora, outras falaram muito mal do livro. Eu posso dizer por mim, eu adorei o livro, e não tenho parceria com a editora.
    A resenha está no meu blog, e foi até comentada. Gostei mesmo do livro.
    Sinceridade é importante, mas gosto não se discute.

    ResponderExcluir
  9. Concordo com tudo que a Vanessa disse. Não possuo um blog, mas já perdi as contas de quantas resenhas mal escritas já li.
    Acho que toda pessoa tem o direito de escrever uma, mas se a situação já é complicada com resenhas completamente rasas, fica ainda dificil quando se trata de uma parceria.
    Conheço vários blog excelentes e que se dedicam de verdade na hora de fazer as resenhas, e acho que no final das contas, que são esses que vão continuar a existir depois que os outros acabarem. Afinal, é dificil levar mentiras durante muito tempo, os leitores acabam percebendo.

    Gostei muitissimo do seu post!

    Beijos,
    Dafne

    ResponderExcluir
  10. Cada dia conheco um pouquinho mais dessa autora e só me encanto mais e mais.. preciso ler os livros dela...

    Valeu pelas dicas ...

    http://apaixonadasporlivrosrj.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Vanessa, concordo com você, mas também vejo um livro como uma música que o autor sentiu, não gosto de julgar, mas de entender o que o autor quis passar, se realemnte não entender nada, a resenha ficara confusa, mas adorei seu livro e muito, quando uma coisa me faz perder o sono ou ficar de madrugada tem que ser bom, se não nem chego perto kkkkkkk
    Território das garotas
    @territoriodg
    Bjss *-*
    http://territoriodascompradorasdelivro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Eu sempre me irritei com isso em vários blogs, falarem apenas maravilhas de um livro e quando fui ler era decepcionante... E você é a primeira escritora que toca nesse assunto, parabéns! Bom, o problema é que a maioria dos blogueiros puxam saco mesmo do parceiro, ainda mais que todos são nacionais (que foi do meu caso que citei). Eu já procurei por parcerias, mas desisti. Todos os livros que resenho, são meus e comprados com meu dinheiro. Alguns autores nacionais já leram o que falei a respeito de seus livros e disseram terem achado sinceras. Bom, eu tenho uma amiga blogueira que estava passando por esse dilema, não gostou do livro do parceiro e queria achar uma forma educada de criticar o livro. Realmente, é um assunto polêmico e delicado, mas penso duas vezes antes de querer um livro depois de resenhas de parcerias, melhor uma segunda opinião.
    Bom, quero ler seu livro *-*

    http://leitoracompulsiva1.blogspot.com/
    @mourafran
    francyelly.moura@bol.com.br

    ResponderExcluir
  13. Polemico mesmo... Eu, como escritora bem no início da carreira (que nem sei se vai existir um dia), concordo com o ponto da Vanessa. Saber o que o leitor realmente achou do livro é essencial para o aprimoramento do escritor. Mas não posso garantir que não vou chorar, kkkk
    Não, sério, como podemos melhorar, se ninguém dá uma dica que seja. Passei por isso com a minha família. O livro estava horrível, mas continuavam achando o máximo, né? Não conseguia uma opinião sincera, e isso foi péssimo. Só fui melhorar o livro 2 anos depois...
    Se alguém quiser conhecer, garanto que está bem melhor (não que seja bom, hehe):
    http://babyvocemeama.blogspot.com/

    Quero muuuuito seu livro O Imortal, Vanessa! Um dia eu ainda compro!
    Bjs!!^^
    Thaty Furtado
    @thatybre

    ResponderExcluir
  14. Concordo com tudo que vc disse, Vanessa. Muitas vezes, para não ficar "chato" a pessoa que produz a resenha acaba omitindo sua verdadeira impressão da obra e escreve aquilo que ela não sentiu durante a leitura.
    Sinceridade é muito importante nos blogs, pois as resenhas influenciam muitas vezes as compras que vamos fazer, por exemplo, então é essencial que o autor do texto seja sincero e passe sua verdadeira opinião.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Olá Van! Bem, eu sou blogueira e nem tenho parceria com editoras, pra evitar esse tipo de "laço". Claro que o blogueiro vai se sentir preso, afinal, livro de graça, né? Portanto, eu compro os livros ou ganho em promoções.
    E nem sempre tenho dó. Certo, eu não uso palavras agressivas nas críticas. Isso não, pelo amor né? críticas são sempre boas ^^

    (mas Tio Phyreon não é tão bonzinho não)

    E ainda assim os autores costumam gostar das resenhas que faço =D

    Assunto realmente polêmico, Van. E que deve ser bem tratado. Gostei da matéria e do seu "rastreador de mentiras" auhsauhshsuahu

    ^^

    ResponderExcluir
  16. Blogueiro que fala bem de livro só para fazer média perde a credibilidade por que todo mundo percebe que é uma coisa sem argumento, artificial.
    Eu passei por isso ha uns dias, li um post cheio de elogios CLARAMENTE FALSOS em um dos 500 milhõs de blogs literários que sigo (são tantos... rs) Mas quando li isso sai para não voltar mais.

    ResponderExcluir
  17. Adoro esse posts com assuntos polêmicos! 'haha
    Não sei se por sorte ou sei lá, mas vi poucas resenhas 'falsas' desde que comecei a conhecer os blogs literários.
    E já vi também alguns blogs parceiros de autor/editora dizendo que não gostou de tal livro que mandaram pra resenha...
    Sempre vai depender do quê o blogueiro quer passar para os outros, né ^-^

    Aliás, tô louca pra ler o teu livro Van! Só li 2012 teu ;)

    Bjus =*

    ResponderExcluir
  18. Fiquei surpresa com o post, admito.
    E realmente isso é verdade.Todas resenhas que leio nesses blogs "grandes" cheios de parcerias sempre falam bem do livro, mesmo ele contendo mil coisas estranhas ou sem nexo.
    é como se fossem só pra propaganda.

    Anarafaella19@hotmail.com
    rafa_ella19

    ResponderExcluir
  19. Gostei do que a autora disse!
    Antes de comprar um livro sempre pesquiso algo sobre ele em blgos,quando um blogueiro dá uma "maquiada" na sua opinião sobre o livro inevitavelmente isso vai contrastar com a opinião dos demais, por isso é importante ler muias resenhas sobre um mesmo assunto.

    ResponderExcluir
  20. Adorei o texto da Van, concordo com o que ela falou acho que nos blogueiros temos que sermos sinceros em relação ao livro que lemos sem ofender mas sendo criticos a respeito do que realmente achamos do livro!

    Beijos
    @AngelKiller_

    Blog Anime Daiki

    ResponderExcluir
  21. Eu quero!!!
    Beijos
    Aline
    @Vicio_de_Menina
    http://www.viciodemenina.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Os blogueiros tem que ser sinceros, porém não precisa ofender o que o livro também.
    Sou blogueira e sou sincera com minhas resenhas, e elogio quando acho que devo elogiar, ou não elogio se não gostar.
    Não ligo de dizer se um livro é ruim de uma editora parceira, não tenho medo de perder a parceria por sinceridade, acho que elas já estão na hora de acertar a sinceridade dos blogueiros e escritores também.

    ResponderExcluir
  23. Oi, Vanessa!
    Esse assunto é muito polêmico. Ia dizer delicado, mas o conceito dependeria do blogueiro. Se ele achar que é melhor exaltar a obra só por causa da parceria, ele vai achar delicado; se ele for sincero, na verdade não vai fazer nada forçado, e fluirá naturalmente.
    Não adianta enganar os leitores, autores, editoras.
    Como eles vão saber se a aceitação está realmente boa se todos mentem quando dizem que o livro é maravilhoso, excelente? Como os autores vão melhorar a escrita, a história?
    Claro, tudo de forma educada.
    Também há o lado dos autores que não aceitam críticas e chegam a criar fakes só pra discutir com o blogueiro. Nem preciso falar que é um absurdo, né?
    Gostei muito da abordagem, e acho que a sinceridade na hora da resenha é que define a integridade do blog.

    Ótima semana!
    @rafaschiabel
    http://lembradaquelahistoria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  24. q texto heinh? eu sou nova nessa coisa de visitar blogs literários.. e ainda num tinha parado pra pensar sobre esse assunto.. eu vejo muitas resenhas dos livros de autores parceiros.. e geralmente sempre e falando coisas boas sobre os livros.. e isso pode levar uma 'paparicação' né?! como a própria colunista ai comentou.. mas sei lá..eu achei ela muito radical qndo comenta q os blogs com autores parceiros falam bem do livro.. eles podem ate gostar ner...
    afinal, sempre haverá criticas .. um detalhezinho qualquer.. as pessoas sempre vão criticar uma obra..

    @mar1cia

    ResponderExcluir
  25. Como posso criticar oi elogiar se ainda não li nenhum dos livros? Mas, posso dizer que estou muito ansiosa pra lê-los. Sim! As capas são atraentes, a sinopse me deixou de queixo caído, são temas que amo, a expectativa é grande.
    Não, não os comprei ainda, vida de assalariada é fogo! Tenho lutado pelos livros através de sorteios... mas, o 13° chegou pra isso né? realizarmos os sonhos... Vamos lá! Não acho que irei criticar, pois, qd me apaixono... nunca me decepciono.

    ResponderExcluir
  26. Gostei, é verdade tem que fazer a uma resenha verdadeira e não como se fosse um comercial tem que dizer os pontos negativos e positivos da historia, isso que eu procuro em uma resenha, a verdade simples.Parabéns Vanessa o post foi ótimo.
    @glaucilenehorus

    ResponderExcluir
  27. Oh Van, nem todos são puxa saco de editoras e autores parceiros.

    Conheço muito blogs que são sinceros =D
    Sabe de uma coisa, quando menor é o blog, mas ele é sincero.

    Beatriz

    ResponderExcluir
  28. O texto fala uma verdade, que as vezes muitos duvidam se o post é verdadeiro mesmo.

    ResponderExcluir
  29. Acho que muitos blogs fazem isso com medo de serem reprovados pelas editoras parceiras, pelos autores parceiros até mesmo pelos leitores. Mas a Vanessa está certa.

    ResponderExcluir
  30. O blogger não pois meu nome, colocou esse estranho e não consigo arrumar. Mas me chamo Cátia, para caso eu seja sorteada.

    ResponderExcluir
  31. Virginia de Oliveira21 de dezembro de 2011 12:19

    Concordo com o que disse, não tenho blog mais sempre leio varias resenhas,sei que a muito blog que evitam fazer críticas negativas com livros de autores e editoras parceiras, mais é dificil de identificar porque cada um tem um tipo de opinião então pode ser que estão sendo sinceros na resenha.
    @virginiadeob

    ResponderExcluir
  32. Van, parabénssss... Concordo totalemente com você.
    Realmente, muitos blogs, segundo o meu achar, omitem ou exageram nas críticas. Acho que essa gente poderia ser mais real em relação a isso.
    Também sou escrito, mas ainda não tive meus livros publicados. Disponibilizei o primeiro capítulo em meu blog, e recebi um bom comentário a respeito dele. Acho que foi bem real, sabe.
    Mas bem, concordo com tudo o que você falou - escreveu :$.
    Parabéns Van, e que os ventos lhe tragam sucesso!

    ResponderExcluir
  33. só para o caso eu for sorteada meu nome não é Unknown, meu nome é Cátia =D

    ResponderExcluir

 
O Simbolista © 2012 | Designed by Guilherme Cepeda